segunda-feira, 10 de Março de 2008

Em Portugal existem quatro canais de televisão em Tv aberta, são elas:

-RTP1
-RTP2
-SIC
-TVI

RTP1

RTP1 é o primeiro canal de televisão da Rádio e Televisão de Portugal, a empresa pública de rádio e televisão.
As suas emissões experimentais iniciaram-se em
1956, nos estúdios da Feira popular, em Lisboa.
No entanto, as emissões regulares só se iniciariam a partir de
7 de Março de 1957, para cerca de 65% da população, só atingindo todo o país em meados dos anos 60 do século XX.
As emissões a cores iniciaram-se em
7 de Março de 1980.
Sendo o canal televisivo
português mais antigo, a RTP1 é um canal generalista, com componente comercial e que privilegia a ficção nacional, informação, desporto e entretenimento.

RTP2

RTP2 é o segundo canal de televisão da Rádio e Televisão de Portugal, a empresa pública de rádio e televisão. As suas emissões iniciaram-se a 25 de Dezembro de 1968. A 5 de Janeiro de 2004 o canal assumiu uma nova postura passando a ser designado por 2:. Contudo, a 19 de Março de 2007, passou novamente a ser designado por RTP2.[1]
Este segundo canal de serviço público foi constituído como um serviço alternativo aberto à sociedade civil que possa reforçar, pela diferença, os princípios de universalidade, coesão e proximidade do Serviço Público de Televisão.

SIC

Sociedade Independente de Comunicação (SIC) é a primeira rede de televisão privada em Portugal. Iniciou as suas transmissões a 6 de Outubro de 1992 como o primeiro canal independente e comercial a operar em Portugal. O canal pôs fim a 35 anos de monopólio estatal no mercado televisivo português.
O capital da SIC é detido, na sua totalidade, pelo Grupo Impresa, a maior empresa de média em Portugal liderada por Francisco Pinto Balsemão.
Uma forte aposta em programas de informação, entretenimento, documentários e programas de ficção, falados em português, aliada a uma estratégia de marketing, conduziram a SIC à liderança de audiências em Maio de 1995, sendo já hoje reconhecida em todos os Fóruns Internacionais como o canal de televisão que em menor tempo conseguiu melhores resultados de audiências. Ao longo destes quinze anos de actividade o Universo SIC tem vindo a ganhar expressão e importância no meio audiovisual português.
Na direcção de programas estiveram Emídio Rangel, Manuel Fonseca, Francisco Penim e actualmente (desde Janeiro de 2008) Nuno Santos.
Em Agosto de 2007, a SIC teve o seu pior share mensal desde Fevereiro de 1994.

TVI

Televisão Independente (TVI) é a segunda estação de televisão portuguesa de carácter privado. As suas transmissões iniciaram-se a 20 de Fevereiro de 1993, como o quarto canal generalista. Em 2007 tornou-se líder de audiências pelo terceiro ano consecutivo.

Telejornalismo o que é?

Telejornalismo é a prática profissional do jornalismo aplicada à televisão. Telejornais são programas que duram entre segundos e horas e divulgam notícias dos mais variados tipos, utilizando imagens, sons e — geralmente — narração por um apresentador (chamado de âncora, no jargão profissional).
Os canais de televisão podem apresentar telejornais como parte da programação normal transmitida diariamente ou mais freqüentemente, em horários fixos. Às vezes, outros programas podem ser interrompidos por plantões de notícias (news flashes) em casos muito importantes e urgentes.
Um newscast normalmente consiste em uma cobertura de várias notícias e outras informações, produzida ou localmente por uma emissora, ou por uma rede. Pode também incluir material adicional como notícias de esportes, previsão do tempo, boletins de trânsito, comentários e outros assuntos.

O que é a Televisão?

Televisão é um sistema eletrônico de recepção de imagens e som de forma instantânea. Funciona a partir da análise e conversão da luz e do som em ondas eletromagnéticas e de sua reconversão em um aparelho - o televisor - que recebe também o mesmo nome do sistema ou pode ainda ser chamado de aparelho de TV. O televisor ou aparelho de TV capta as ondas eletromagnéticas e através de seus componentes internos as converte novamente em imagem e som.